sábado, 17 de setembro de 2011

Enquanto você dormia



enquanto você dormia
 choveu em São Paulo
 houve terremoto no Japão
 e um furação em Nova Jersey

 teve vários abortos
 sequestros
 lavagem de dinheiro
 chacinas nas favelas
 e ninguém se arrependeu disso


 o dolar subiu
 a bolsa estourou
 foi feriado
 deu pane nos aeroportos
 e varias pessoas morreram 
 em acidentes de carros

 alguem disse não ás drogas
 alguem disse sim a deus
 alguem acreditou em si mesmo
 e não olhou pra traz

 teve fodas de todos os jeitos
 grardaram como recordação
 depois reviraram a casa
 e jogaram na internet

 o Brasil perdeu novamente
 mais uma pessoa morreu no hospital
 houve apagão em varias cidades
 e partos normais

 alguem pensou em mim
 alguem pensou em você
 tudo ao mesmo tempo
 na mesma noite
 acontecia fleumatica 
 e lentamente
 nos seus sonhos

'' Boi, boi , boi
boi da cara preta
pega essa criança
que tem medo de careta.

Boi, boi , boi....''


10 comentários:

Geraldo Pinho disse...

Demais!

Alê disse...

Terno!

Gi Zamai disse...

Que maravilha de texto! Meigo, forte, tudo ao mesmo tempo! Abraços

Lucas Adonai disse...

Muito bom ;d

aurelio disse...

Canção para ninar pesadelos e sonhos de um mundo triste...

Vou passear por aqui um pouco.

-aurelio
oescritordesonhos.com

Paulo Gomes. disse...

"Enquanto você dormia"...que maravilha poder encontrar Poesia.Muito bom,um abraço e fica com DEUS.

Ivanita disse...

A crueza da realidade confrontada com a inocência de uma criança dormindo. O poema choca e encanta ao mesmo tempo. Belíssimo!

Marcos Ferna disse...

incrível!

vc fez passar um filme na minha cabeça lendo essas palavras.

a vida gira, gira, roda, roda, ela não pára

Jacqueline disse...

Legal ...

Laura Limeira disse...

Poema de profundidade extrema! Em segundos, fiz uma excelente reflexão interior...parabéns! Aproveito para convidá-lo a visitar-me no http://suaveexpressao.blogspot.com/