domingo, 18 de outubro de 2009

Desabafo para o Tédio

O que espero
Dos dias que me acompanham
Do que se espera
Das próprias pessoas
Uma falsa modéstia
Melhor passar adiante

Tudo passa
Ate mesmo essas palavras
Que percorrem essas linhas
Passam
Mas não esperam

4 comentários:

[ rod ] ® disse...

o tempo passa e nossa saga pelo esperar... abs meu caro.

Armindo Kehl disse...

Tédio é fogo...

Ps: poderia alterar o link ali do lado amigo? mudei de blog, agora é akehl.wordpress.com

Grato!

Abração!

Augusto Bortolini disse...

Opa! encontrei teu blog e, claro, andei lendo teus versos.
Agora, venho aqui convidá-lo ao meu blog:


http://actividadepoematica.blogspot.com




Até mais!

** disse...

gostei...gosto do que fala do tempo...