segunda-feira, 15 de junho de 2009

Mariana adora o frio




Mariana adora o frio
Mesmo sendo tropical
Entre junho e agosto
Tempo de Inverno
Enquanto portas se fecham
Ela escancara seu armário

Entre um moletom e outro
Não deixa nada lhe abater
Calça as botas
E as luvas
Que sincronizam com sua leveza matinal
Seu cachecol é leve e quente
E os cabelos
Combinado com suas ondas morenas
Perfazem e se alinham a beleza juvenil de sempre

Uns esfregam as mãos
Outros solidão
Em carros , somente o sereno
Nas padarias
cafés
Nas ruas, o vento
E ela ri
Assopra pra ver a fumaça do frio
E como é gostoso o conforto
Das coisas simples da vida
Enquanto o tédio se alastra na cidade
Mariana ri

12 comentários:

Aninha Simal disse...

não sou muito fã de poesias, mas gostei da sua. me lembrou teatro mágico.
;kiss

[te achei no orkut ;D]
meu blog: http://analechan.wordpress.com

Meire disse...

leitura gostosa.

:)

Leonardo Castelo disse...

gostei do seu modo de escrever

Flor de Luna disse...

Tão leve.

:D

Armindo Kehl disse...

Toque uma balada de violão e cante essa poesia... Vai ficar bem bacana...

Abraço!

Lelê disse...

Primeiramente obrigada pela visita e comentário no meu blog Janelas. Volte sempre! Gostei do seu blog, tão organizado e clean. Parabéns! Posso dizer que não tenho intimidade com poesias, mas gostei desta. É leve!

Bruna Berri disse...

Eu também adoro o frio, adoro ainda mais o café.
Mas certamente, o mais encantador, o mais radiante do inverno são os passos desastrosos das pessoas fofinhas de tantas roupas, o nariz vermelho, o cabelo brilhante e o olhar... sempre tão úmido, sempre tão único.

Danillo Gómez disse...

olá caro amigo blogueiro,

estou aki para lhe informar que nomeu blog [que é de poesias]está havendo uma promo de um sorteio de um livro!

participa lá> http://danillocara.blogspot.com/2009/06/sorteio-parceria-com-salesiano.html

Mademoiselle S disse...

já me senti "Mariana" há uns tempos. hoje o frio já não me agrada, diante do encantamento do sol.

Amélie disse...

suavemente...

about disse...

A "Mariana" devia ser loira. rs
Continue escrevendo Robson!
Bissos.

Rogely Cristina disse...

wow...

Hi,

estava lendo seu poema...
de uma simplicidade, uma ternura muito cativantes...

Parabéns!!!

(Nyah)