quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Ponte em verso




No seu lugar
O sol surge todos os dias
Junto com as ondas
Que levam as pessoas de outros cantos
Para outros cantos


Por aqui
O sol se esconde entre prédios
As pessoas correm com o tempo
Esfregam constantemente as mãos
Tomam café e comemoram em mesas
É a vida frenética noturna

Se sol e cinza se casassem
Seria um acontecimento sublime
Arvores espalhando flores
Em casas e apartamentos se ouviria o sopro do vento
Sua janela seria uma porta
Para um novo verso

2 comentários:

A vida é feita de escolhas disse...

Robson ,vi teu blog no escrever é a minha terapia. Parabéns gostei muito daqui.
Abraço!

***Leonarczyk*** disse...

lindo esse texto.
Bjus querido